Sua mensagem foi enviada com sucesso. Em breve responderemos.

Fale conosco

Fechar
Início » Auto » Scania na Fenatran 2107: preparada até os dentes

Scania na Fenatran 2107: preparada até os dentes

Soluções inteligentes, novos motores, novos caminhões, uso inteligente de conectividade,  tecnologias sustentáveis. Esses são alguns arsenais que a Scania deverá mostrar para a imprensa na Feira Internacional de Caminhões deste ano que acontece neste domingo, em São Paulo.

Na linha de caminhões, por exemplo, chegarão os novos motores de 450cv e 510cv, para aplicação rodoviária, e um novo veículo para a mineração, o Heavy Tipper. Em Serviços, as novidades são o Programa de Manutenção Scania com Planos Flexíveis, solução pioneira, e o Driver Services.

“Estamos trazendo lançamentos que impactarão a forma de gestão de empresas de transporte a partir de agora. A conectividade inteligente oferece maior previsibilidade na frota e redução no custo total operacional. Estamos subindo mais um degrau para evoluir o mercado”, afirma Roberto Barral (foto acima), diretor-geral da Scania no Brasil. “Queremos minimizar todos os possíveis gastos excedentes do cliente. As inovações em Serviços e os nossos caminhões com novas potências também serão mais um reforço no caminho por um sistema de transporte mais sustentável”.

Em busca de economia e rentabilidade

Alinhada com a estratégia de proporcionar cada vez mais rentabilidade ao cliente, a Scania apresenta durante a Fenatran 2017 seus novos motores. A novidade foi desenvolvida com foco na rentabilidade do cliente, priorizando a economia de combustível e o melhor desempenho com a maior velocidade média da categoria.

As novas motorizações de 450 e 510 cavalos chegam com tecnologia de alta pressão de injeção de combustível e com múltiplos pontos para diminuir o consumo, os ruídos e as emissões. Com essa evolução, o motor passa a ser mais silencioso do que a versão atual e apresenta uma redução de até 5% no consumo de combustível.

A nova geração faz parte da linha R, indicada para operações rodoviárias. Os novos modelos, R 450 e R 510, podem receber as configurações de rodas 6×2 e 6×4. Já as cabines disponíveis são a R Highline e a Streamline.

O “pé de boi” da mineração

O lançamento para o segmento off-road, o Scania Heavy Tipper, chega ao Brasil como uma solução personalizada para fornecer aos clientes uma operação rentável, com maior disponibilidade para as operações severas de mineração, trazendo redução de até 15% no custo da tonelada transportada. O momento de sua apresentação é ideal, pois está havendo uma retomada de compras de caminhões para a mineração. Desde 2013 que este mercado não dava sinais concretos de voltar a ser um potencial comprador.

Desenvolvido com componentes mais robustos, o Heavy Tipper é capaz de transportar até 25% mais de carga líquida em relação aos os atuais modelos do segmento. Portanto, a nova gama salta das atuais 32 toneladas de carga líquida, para no mínimo, 40 toneladas, ou um índice 25% superior. O peso bruto total (PBT) sobe para insuperáveis 58 t. Os concorrentes oferecem no máximo 32 t e 48 t de PBT. Dessa forma, a Scania inaugura no mercado o nicho de 40 t de carga líquida para veículos com configuração de rodas 8×4.

Em complemento, o veículo oferece aumento de até 5% na disponibilidade operacional e cerca de mais 5 mil horas de vida útil, o que proporciona redução no custo de operação ao longo do ciclo de vida do produto e aumenta o valor residual. Entre os destaques de serviços do novo modelo estão o novo sistema de troca, a conectividade e os programas de manutenção.

Novo patamar de Serviços no mercado

Após o lançamento dos Serviços Conectados, disponíveis ao cliente em janeiro de 2017, a marca avança e anuncia a chegada do Programa de Manutenção Scania com Planos Flexíveis. Caso o cliente opte pela novidade, as manutenções preventivas serão individualizadas e dinâmicas de acordo com a operação de cada veículo da frota. Por meio de dados entregues pela conectividade, o próprio caminhão comunica ao sistema quando uma revisão é necessária. Com esse novo processo, a parada na oficina passa a acontecer no momento em que determinados serviços são necessários, e não de acordo com a quilometragem padronizada.

O Programa de Manutenção Scania com Planos Flexíveis também oferece versatilidade na assinatura, que não tem tempo mínimo de contrato. Além disso, a nova forma de pagamento passa a acontecer com uma relação de menor tarifação por quilômetro rodado, de acordo com faixas de consumo de combustível.

Para auxiliar o cliente nessa redução de consumo, que é diretamente variável conforme o modo de condução do motorista, a Scania traz o Driver Services, uma solução de orientação para a direção mais econômica. O formato de orientação é inovador no mercado nacional e pode acontecer em três etapas de aperfeiçoamento, entre elas, o Treinamento e o Coaching.

 Rede de concessionárias

As Casas Scania estão preparadas para atender os clientes nesse o novo método de atendimento conectado e inteligente devido à implantação do Processo Global de Serviços, uma junção das melhores práticas em Serviços na Scania em todo o mundo. Essa padronização, iniciada em 2016, já presente em 89% da rede e que terminará em dezembro de 2017, traz inúmeras vantagens, como o incremento na produtividade, o aumento na eficiência, maior agilidade no faturamento da concessionária e a redução no número de ordens de serviço abertas.

“O processo global de serviços e os Serviços Conectados se completam para juntos oferecerem uma nova era de serviços no Brasil. E essa mudança já começa a ser real para os clientes Scania”, conclui Barral.

 Sobre a Scania

A Montadora é referência mundial em soluções de transporte. Juntamente com nossos parceiros e clientes estamos conduzindo uma mudança para um sistema de transporte sustentável. Em 2016, entregamos 73.100 caminhões e 8.300 ônibus, bem como 7.800 motores industriais e marítimos para nossos clientes. A receita líquida totalizou quase 104 bilhões de coroas suecas, das quais cerca de 20 por cento corresponderam a serviços. Fundada em 1891, a Scania opera em mais de 100 países e emprega aproximadamente 46.000 colaboradores. A área de Pesquisa e o Desenvolvimento está concentrada na Suécia, com atividades no Brasil e na Índia. A produção acontece nas fábricas da Europa, América Latina e Ásia, com centros regionais de produção na África, Ásia e Eurasia. A Scania faz parte do grupo Volkswagen Truck & Bus GmbH.

 

 

 

Noticias Relacionadas:

Tags:

Deixe seu comentário